Sense and Sensibility / Razão e Sensibilidade (1995)

Jane Austen foi uma importante escritora do final do século XVIII e começo do XIX. Suas obras foram diversas vezes adaptadas para o cinema (Emma, 1996; Orgulho e Preconceito, 2005).

Um de seus mais importantes livros, Razão e Sensibilidade,  teve várias versões. A mais conhecida data de 1995, com direção de Ang Lee e roterio de Emma Thompson. A produção foi indicada a 6 Oscars, ganhando na categoria de Melhor Roterio Adaptado (curiosamente, isso fez Emma Thompson ser a primeira mulher a ter tanto o Oscar de Melhor Atriz [Retorno a Howards End, 1992], como o de Melhor Roteiro Adaptado). Prêmio merecido, pois ao longo das 2 horas e 15 minutos de filme, através de uma forma “leve” pela qual a história é contada, o telespectador não se cansa por um só instante.

A história de Razão e Sensibilidade contrasta duas irmãns. A primeira, Elinor (Emma Thompson), espelha a “razão”, demonstrando-se forte e prática para com os seus sentimentos. Pelo lado oposto, Marianne (Kate Winslet), é sensível e frágil. As duas vão acabar por se apaixonar. Todavia, a forma como vão lidar com isso e o resultado final será de contornos diferente para ambos os lados.

O elenco ainda inclui Hugh Grant (por quem Thompson se apaixona), Alan Rickman e Hugh Laurie (o cara da série “House”). Todos com atuações muito boas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: